Coleções do Repositório

Comunidades no DSpace

Selecione uma comunidade para navegar por suas coleções

Agora exibindo 1 - 5 de 7

Submissões Recentes

Item
A mensagem bíblica no ciberespaço: a manipulação das homilias pelos haters
(2024-05-22) Carneiro, José Vicente Pereira; Valente, José Fábio Bentes
A era digital trouxe consigo inúmeras transformações na forma como a sociedade se comunica e interage, e a religião não ficou imune a essas mudanças. Com a popularização das redes sociais e plataformas online, a mensagem bíblica encontrou um novo espaço para sua propagação. As homilias, antes restritas aos púlpitos das igrejas, agora ecoam em vídeos, podcasts e postagens, alcançando uma audiência global e diversificada. No entanto, essa capilaridade também expõe a mensagem bíblica a novos riscos, incluindo a manipulação maliciosa por parte de indivíduos denominados “Haters“, sendo uma categoria de usuários que não apenas dificultam, mas também praticam intolerância religiosa na internet em várias modalidades. Este projeto de pesquisa se debruça sobre a problemática da manipulação das homilias no ciberespaço pelos “Haters", explorando as motivações por trás dessa prática, as estratégias utilizadas e as implicações para a recepção da mensagem bíblica.
Item
Condições de trabalho dos professores de ensino infantil em escolas municipais de Manaus que atuam com crianças com TDAH
(2024-05-22) Muniz, Rebeca Sultane de Oliveira Muniz; Silva, Anderson Lincoln Vital da
O órgão do Ministério da Educação (MEC) responsável pela educação das crianças, nos diz que a educação especial é uma “modalidade de ensino que perpassa todos os níveis, etapas e modalidades, realiza o atendimento educacional especializado, disponibiliza os recursos e serviços e orienta quanto a sua utilização no processo de ensino e aprendizagem nas turmas comuns do ensino regular.’’
Item
A saúde mental de docentes que atuam na educação infantil na cidade de Manaus-AM
(2024-05-22) Guimarães, Nara da Silva; Silva, Anderson Lincoln Vital da
A saúde dos profissionais docentes da rede pública de ensino é uma preocupação crescente, dada a diversidade de desafios enfrentados no ambiente de trabalho. Este estudo concentra-se na investigação dos tipos de adoecimento mais prevalentes nesse grupo, identificando uma série de fatores associados às condições e à organização do trabalho que contribuem para o agravamento da saúde. A sobrecarga de trabalho, problemas na gestão educacional, desvalorização profissional e infraestrutura precária são apenas alguns dos elementos analisados. Este projeto busca compreender como tais fatores impactam a qualidade de vida dos professores e podem desencadear processos de sofrimento mental, destacando a importância de intervenções para mitigar esses efeitos negativos.
Item
Condições de trabalho dos professores em escolas de Manaus sob viéis da psicologia social
(2024-05-22) Silva, Denis Marques da; Silva, Anderson Lincoln Vital da
As condições de trabalho dos professores têm um impacto direto na qualidade do ensino e na aprendizagem dos alunos, incluindo carga horária excessiva, falta de recursos e suporte administrativo inadequado, frequentemente contribuem para altos níveis de estresse, esgotamento emocional e problemas de saúde na ordem psicológica e física. Professores sobrecarregados e desmotivados podem ter dificuldade em envolver e desenvolver os alunos, planejar e executar atividades de ensino eficazes, e oferecer apoio individualizado.Compreender e abordar esses fatores é essencial para promover o bem-estar dos docentes, prevenir enfermidades e garantir a qualidade do ensino.
Item
Fatores que afetaram o aprendizado da criança e suas consequências na volta a sala de aula pós pandemia
(2024-05-22) Lima, Elis Regina Marinho de; Silva, Cláudio José da
Considerando os danos e benefícios que afetaram o aprendizado da criança na volta a sala de aula pós pandemia, os efeitos na educação pode se entrelaçar um breve contexto anterior iniciando pela afirmativa de que, nem mesmo nos períodos das grandes guerras mundiais, a humanidade inteira esteve tão afetada por mudanças obrigatórias determinadas pelos governos ou pelas autoridades sanitárias. De fato, o que ocorreu em todos os aspectos da vida humana, embora encontre precedentes remotos, não pode ser comparada com a COVID19, uma vez que esta última influenciou absolutamente tudo o que se faz, especialmente pela rapidez com que as informações são alastrado atualmente e o impacto global imediato que provocou. A organização Mundial da Saúde (OMS), obrigando a humanidade a conviver com mudanças institucionais, coletivas e individuais nunca vista antes na história..). É sob esse alerta que a população mundial viveu por praticamente dois anos e ainda hoje convive com alguns de seus resíduos, principalmente no âmbito educacional.